Gostou?

Share |

Ser saudável ou ser magra? Eis a questão.


Estou com um baita dilema na vida. Pode parecer idiota pra muitos que lerem esse post, e, justamente por isso pensei mil vezes antes de escrever. Mas, apesar da vergonha que eu tenho de falar sobre isso, eu preciso desabafar e faço isso no blog com a maior cara de pau do mundo... aí vai... e seja o deus quiser.


Nunca fui magra, quer dizer, uma vez quando eu tinha 15 anos eu fiz um regime caprichado e emagreci bem... Nem preciso dizer q a minha magreza não durou muito. Fora isso, nunca fui magra.


Mas há males que vem para o bem. Acabei desenvolvendo hipotireoidismo e engordando 25 kg em nove meses. Tal situação me fez procurar um endocrinologista.


Com a reposição hormonal, exercícios físicos e um certo cuidado na alimentação... consegui emagrecer 20 kg de forma saudável como manda o figurino.


Essa semana, surtei com o endocrinologista. Ele me diz: “Priscila, tu tens 1.71 de altura, mas teu peso ideal é entre 80 e 83 kg.”


Oi? Como assim? Eu, com 80 kg ainda sou grande porra! Pelos meus cálculos, falta apenas 8 kg para eu atingir essa meta, e tipo assim, estou bem longe de estar magra... Quem me conhece sabe que só a minha bunda pesa 8kg! Não é justo.


Agora, lá vem meu dilema: ou ter um corpo nos padrões estéticos ou ser saudável. Pode parecer idiota, mas eu ainda não me decidi pelo que eu vou optar.


Até me considero uma gordinha pegável, tenho formas femininas como cintura, peito, bunda, muita bunda... mas porra, eu não queria ser gordinha.


Eu não quero ter que provar 500 calças jeans para achar uma que preste para o resto da minha vida.

Eu não quero ter que ligar o “foda-se” toda vez que uso um biquíni.


Eu não quero ter que ouvir para o resto da minha vida elogios de velho tarado me chamando de gorda por tabela, como por exemplo a clássica cantada: “Oh saúde, hein?”.


É pedir muito querer ser gostosa?


Por um outro lado, eu não quero estar doente. Acho uma puta de uma sacanagem abrir mão da minha saúde (que já não é lá grandes coisas) por causa de um padrão estético.


Falei tudo isso para o meu endocrinologista que me respondeu rindo: quem gosta de osso é cachorro e que eu tenho curvas femininas, exatamente, por não estar tão longe do peso ideal.


Mas será que alguém me entende que apesar de tudo eu queria ser magra?

3 Response to "Ser saudável ou ser magra? Eis a questão."

  1. primeiro pensa que o excesso de peso tu ja perdeu, entao 8kg sao bastante coisa sim! vai fazer uma grande diferença.
    Acho que com 80kg tu vai estar usando 44, 46 se a bunda continuar grande. Já dá pra comprar em lojas no shopping! experimenta chegar nos 80, e depois tu ve se ainda precisa de mais, mas acho que não! :)
    beijos!

    Renata says:

    eu tb nunca fui magraaaa, sempre tive bundão, quadril largo mas vivo pasando fome ahuah deixo de almoçar pra comer a sobremesa sem a consciencia pesar mt hahaha
    o meu problema eh q sou alergica a um monte de coisas e volta e meia tenho q tomar corticoide...e ele fode com o meu esforço sempre hauaha
    mas nem encano mais
    de que vale estar magra e doente?

    Menos 8 é o começo. Ai quando chegar nos 80kg tu reavalia, e vê se gosta do que ta no espelho. Eu perdi 8kg e depois perdi pança e sabe o q aconteceu? Não to contente.
    Eu ficaria cadaverica se conseguisse e te dou o maior apoio para os menos 8, ou 18 desde que tu fique bem feliz.
    E quanto a "não pergunta"no meu blog, a resposta é: "quando vc quer estar, arrasa!"

    Beijos querida!

Postar um comentário

Powered by Blogger