Gostou?

Share |

Memórias de uma quase suicida


Sim. Já pensei em me matar e até já decidi fazê-lo uma vez na vida.


Há horas em que cansamos dessa vida, desse corpo. Olhamos para um lado, olhamos para o outro e não vemos solução.


Sempre imaginei que cometer suicídio fosse um ato de desespero. Não. Desespero, agonia, choro incontrolável, tudo isso se sente antes de cometer o suicídio.


A partir do momento em que se decide tirar a própria vida, uma paz enche teu coração, as lágrimas cessam e, por mais macabro que pareça, uma luz no fim do túnel se acende.


É um paradoxo aparente: enfim, encontra-se uma razão para viver: a própria morte.


Torna-se afável a idéia de se livrar do corpo, dos problemas desse mundo. Tu te olhas no espelho e se despede desse amontoado de células que, até então, faziam parte da sua vida. Impossível tu não imaginares teu corpo gélido num caixão forrado de seda creme coberto de flores e tule branco.


Sente-se aquele cheiro de flor de campo característico de velório. Pela primeira vez, pude entender o que aquela música “Flores” do Titãs quis dizer. Seja lá quem compôs essa música, o compôs neste exato momento.


Mas ainda tem de se pensar de como se livrar desse corpo, o tipo de suicídio que se pretende. Serenamente escolhi a ingestão de comprimidos e àlcool. Tal opção me pareceu mais indolor. A idéia era desmaiar antes de morrer pois não queria mais sentir dor nessa vida. De dor, basta a dor emocional, esse sentimento que aleija a gente de tudo que há de bom nessa vida.


Comprimidos não faltavam na minha casa. Fiz um mix deles, para dificultar a lavagem caso descobrissem o que eu tinha feito.


Me pus a escrever minha carta de suicídio. Para quem endereçar? Escrevi à minha amiga de infância pois sabia que ela não lidaria bem com a minha morte.


Neste momento, e só neste, chorei. Pela primeira vez, pensei que ao morrer, mataria uma parte das pessoas que amo. Como não fazê-los se sentir culpados por mais que eles não tivessem culpa alguma?


Me senti culpada pela culpa que iria provocar nas pessoas que amo nesse mundo. Com certeza, eles iriam se perguntar como não perceberam que eu não estava bem, como uma pessoa tão forte, tão para cima poderia fazer algo do tipo?


Percebi que o suicídio é um dos atos mais egoístas que um ser humano pode cometer. É um pensar em si, na sua paz, sem saber que atitutes irreversíveis podem acabar com a sua vida e com a vida das pessoas que tu amas.


Nessa hora, me lembrei de um caso de um chefe de família que, endividado, matou a esposa e filhos e depois se matou. Para muitos um ato cruel. Mas não, foi amor. Seria muito mais cruel tu te matares e deixares tua família viva morrer de fome.


Quando terminei de separar os comprimidos que eram no total de 80 entre: antidepressivos, ansiolíticos, calmantes, controle da pressão alta e relaxantes musculares; fui na internet e comecei a fuçar no Google sobre a forma mais eficaz de se matar com comprimidos.


Acabei me deparando com esse vídeo.


Nele, Nelson Moraes, praticante do espiritismo de Allan Kardec contou a seguinte história:


“Vou te contar um caso de um senhor. Ele era um grande comerciante de tecidos. Isso na década de 40. E ele comprou um lote imenso de tecido, fez um bom negócio. Só que aí veio a guerra e, meu Deus do céu, ele não conseguia vender mais nada. E aí começaram as cobranças, e ele era um homem de caráter e morria de vergonha dos cobradores baterem na porta dele.


Ele entrou em desespero e falou para um amigo: Vou me suicidar.


E esse amigo falou: “não, não faça isso, pelo amor de Deus, antes vamos conversar com Chico Xavier” e levou essa pessoa até Chico Xavier.


E Chico Xavier falou para ele assim: “meu irmão, confia em Deus pelo menos mais 15 dias”


E eles vieram embora. Mas com 9 dias ele não agüentou e se suicidou.


Quando deu 15 dias da ida dele no Chico, veio um grupo de empresários e arremataram todo o tecido da mulher e deixou ela bem de vida”


Quando ouvi essa história, pensei: Está aí, vou dar esse 15 dias. Afinal, o que são 15 dias a mais ou 15 dias a menos? Pelo menos, ninguém vai pode me jogar na cara que eu não dei crédito a uma força superior num momento difícil.


Os 15 dias se passaram, as coisas se acalmaram um pouco e coloquei meu plano de me matar em stand by.


E, hoje, estou aqui, descobrindo a cada dia que, como diria Belchior:


Não quero lhe falar,
Meu grande amor,
Das coisas que aprendi
Nos discos...

Quero lhe contar como eu vivi
E tudo o que aconteceu comigo
Viver é melhor que sonhar
Eu sei que o amor
É uma coisa boa
Mas também sei
Que qualquer canto
É menor do que a vida
De qualquer pessoa...

56 Response to "Memórias de uma quase suicida"

  1. Anônimo says:

    Eu já pensei em me matar com uma faca, mais dramático eu diria. Mas o plano ficou em stand by também...

    Beijos!

    Mi

    Renata says:

    Que coisa macabra pri
    todo mundo tem momentos ruins que parece q tudo da errado
    mas tira esses pensamentos de ti peste

    :*

    Filipe says:

    Suícido está Repreendido 3x

    Chico Xavier, Madre Tereza de Calcutá e outras pessoas com espíritos aflorados para entender o que significa esta passagem de vida, faz com que a minha admiração por eles cresça cada vez mais, quando sei de histórias como a tua.

    Por isso acho tão importante seguir uma religião ou outro caminho que te faça feliz. Afinal de contas, quando a festa acabar, todos partir e vc estiver só angústiado entre 4 paredes, são estas escolhas do Bem que vão te dar força para seguir adiante.

    Legal te ter de volta e nunca... NUNCA mais pense em fazer esta besteira. Uma dica: Te dedique ao próximo, sem pedir nada em troca. E verás que o mais necessitado te ajuda muito mais do que ele podia imaginar.

    Bjs

    Nanda says:

    Gostei muito do post Pri e ainda bem que vc mudou de idéia, hoje nos presenteia com uma vida tão genial...

    E eu ainda acho que o pior dos suicidos é aquele em que vc se mata e ainda continua viva...


    beijos

    Interessante que todo mundo já pensou alguma vez na vida em suicídio.Menos eu,meu ego é tão grande que nem penso em deixar o mundo sem a minha presença.Vai vendo...

    Eu nunca pensei emme matar, mas já conheci vários suicidas. Claro, bem ppoucos morreram com seu ato, mas TODOS que escaparam deram graças a Deus depois de um certo tempo, pois tudo, de uma maneira ou de outra se acertou. Mesmo que aquela posição social, ou aquele grande amor não mais voltasse, as coisas se acertaram e a vida se reinventou!
    Sou enfermeiro e já vi muitos suicidas. Teve um que se atirou do vão central se quebrou todo, ficou paralítico e anos mais tarde, conheceu uma mulher, se casou e está com uma empresa de publicidade recomeçando a vida, muito bem. O motivo dele se matar, falência de sua quinta firma. É isso aí. Melhor e ver o que vai acontecer! A vida é surpreendente, a morte não! Chega a ser chata!
    Não é comum esse sentimento, daí buscar ajuda profissional é o melhor a se fazer. Mas antes deixe essa idéia em freeze (eterno) e aguarde a sua hora de morrer como todo mundo. Para que a pressa? demorei a andar de bicicleta, a aprender a beijar na boca, a ter uma profissão, meus problemas eu quero que sumam rápido? é ilógico!
    Um abraço a todos e olha, se matar é para otário!

    Anônimo says:

    se matar n é para otário...
    n

    Anônimo says:

    Come as you are, as you were,
    As I want you to be, as a friend,
    As a friend, as an old enemy

    Take your time, hurry up
    Choice is yours, don't be late
    Take a rest, as a friend

    As an old memory, memory,
    Memory, memory

    Come dowsed in mud,
    Soaked in bleach,
    As I want you to be

    As a trend, as friend,
    As an old memory, memory,
    Memory, memory,

    And I swear that I don't have a gun
    No I don't have a gun, no I don't have a gun

    Memory, memory, memory (don't have a gun)

    And I swear that I don't have a gun
    No I don't have a gun, no I don't have a gun
    No I don't have a gun, no I don't have a gun

    Memory, memoryeah...

    Anônimo says:

    Tenho pensando em suicidar'me a um bom tempo, mas falta-me coragem pois penso na mia mãe e de certa maneira tb tenho medo. Ao ler isto hoje, sei lá... Me deu vontade de esperar 15 dias também...

    Anônimo says:

    Eu já tentei sim. Mas a quant. D comprimidos nao foram suficientes .mas agr minha vida n eh a msm. Acho q ficarei c seqüelas p sempre. Foi uma pena eu n ter lido isso antes de fazer a besteira. Pois tbm m daria 15 dias e c certeza td iria s acalmar. N recomendo a ngm fazer o q eu fiz . A morte n resolve nada !
    Adorei o post

    Anônimo says:

    ando mt mal e so penso nisso....
    nao aguento mais
    esta a ser mt dificil
    nao sei se amanha cá estou.

    Anônimo says:

    ando mt mal e so penso nisso....
    nao aguento mais
    esta a ser mt dificil
    nao sei se amanha cá estou.

    Anônimo says:

    DEUS.

    Anônimo says:

    Também eu não aguento mais. Por muito que faça, muito que de sou puramente esquecido. Normalmente se diz: lembro de todos, sou o primeiro a estar quando precisa e quando não sou necessário sou dispensável? Então tratem da vossa guerra que eu já sofri o suficiente. Cumprimentos.

    Anônimo says:

    Meus semelhantes... Venho a comementar que oq vc ta passando concerteza eu sei oq eh... confesso que o meu problema pode set diferente mais a razao eh a mesma. falta de amor paz felicidadd por varias vezes por falta de feh e coragem agnt comeca a ver a vida como um sofrimento... Eu acordo vejo um dia lindo ... Mas eu sem vontade de fazer nada queria abrzcar mei filho com a conciencia limpa cheio de boa feh e amor. vontade de trabalhar e mesmo na falta de trabalho ser feliz com o pouco no momento tudo passa ...

    Anônimo says:

    Também já tentei suicídio com comprimidos, sem resultado. A minha vida ainda se tornou pior, uma tortura, cheguei ao fim do poço. Isto já tem um ano.
    O tempo foi passando e melhorei. Agora penso novamente em suicidar-me e só estou a tentar pensar na forma mais eficaz de o fazer.
    Gostei do post, disse muito do que senti também.

    Anônimo says:

    está sendo mt dificil para mim, to me sentindo a pior pessoa do mundo vou tentar esperar os 15 dias mas não se se vou conseguir,pq tem que ser tão dificil?!

    Anônimo says:

    Também me tentei suicidar e fui parar ao Magalhães lemos internada mas por vezes ainda penso que é a única solução

    Anônimo says:

    Ás vezes é difícil, quando sabemos que iremos perder aquilo que mais gostamos e acabamos por não ver uma solução, apenas solidão e sofrimento, pensando que talvez o melhor seja partir. :(
    Será que é ?... :(

    Anônimo says:

    Mas com o Chorão isso aí não deu certo. Pelo Menos não foi pro Pet Semitery dos Ramones.

    Anônimo says:

    Eu amei o post, pra mim funcionou com os 15 dias. Eu li isso, em seis dias me chamaram pra um emprego, trabalhei 21 dias, me machuquei e fui despedida. Vou confiar de novo nos quinze dias, se Deus me der mais uma oportunidade de trabalhar e mostrar q não sou essa pessoa agressiva q falam q eu sou. Mas como diz o Eminem numa música "Eu sou o dizem que eu sou, se não pq estão dizendo que eu sou?" Sou esquentada e tenho dificuldade pra perdoar, eu perdoo só de fachada, mas não com o coração, no fundo fica tudo guardado, armazenado na minha alma, e me faz muito mal.

    Anônimo says:

    Eu salvei a história pra passar adiante, sempre vale apena tentar mais uma vez.

    Anônimo says:

    O mundo é uma droga, as pessoas são más, e as boas pelas quais a gente tem carinho Deus chama. Tenho q me contentar em ver uma pessoa q eu gostava e faleceu apenas num sonho. Tenho mt saudade, kro ir tbm. não spere + nada do mundo, meus empregos perco, em casa sou espizinhada e me simto uma intrusa, não gosto de uma pessoa que mora na minha casa não é nada meu e smp q pode a mnh familha me humilha de todasa as formas, Aí eu pergunto? Pra q viver? mas se eu me matar essa pessoa vai ficar com as minhas coisas e sair na vantagem ainda. Só por isso q eu não faço. E viverão felizes pra sempre!!!

    Anônimo says:

    Olha, eu n sei o que dizer... Ainda bem que tudo ficou bem. Escusado será dizer que também eu ja pendei nisso, para ser honesto penço ainda...
    Alias acho de de uma forma ou outra quem quem faz uma pesquisa que vem ter aqui certamentes ja pensou no caso nao e mesmo? Tudo de bom, e espero que tudo corra pelo melhor...

    Anônimo says:

    Existe um lugar vazio na minha mente onde é frio, húmido e escuro e lá eu me perco, todo tempo... Tenho só uma pessoa que me entende, pq as vezes sente a mesma coisa que eu. Não existe Prozac, nem Rivotril que tire a dor da minha alma, não é por ver as pessoas felizes, é por mim não conseguir ser feliz como as outras pessoas são.

    Anônimo says:

    Na verdade não quero ser um esqueleto, ficar fechada dentro dum caixão, mas não sei se a vida pode ser pior que a morte, pelo menos o morto já não sente mais nada.

    Anônimo says:

    Escuta Zumbis do Espaço, quem sabe te inspire um pouco...

    Anônimo says:

    Alguém escreveu: Vou tentar viver até novembro, até o dia dos mortos, se até lá eu não conseguir um emprego, não conseguir um carinha legal, eu vou me retirar da vida. Pra mim é fácil fazer isso, eu me corto quase td dia, esses dia me cortei tão fundo que deu pra ver até minha veia lá dentro. Só q agora já, eu não posso me ausentar da vida pq tem uma coisa boa que só eu posso fazer, e qdo eu fizer isso, eu sei q vou estar pronta. Eu me esforço pra conseguir o q eu quero, mas acho que talvez nunca vou ter. A minha principal tristeza vai ser morrer sem ter visto o mar. Eu amo o mar, é como se fosse amor platônico jamais vi ou cheguei perto, mas eu desejo o mar como o peixe deseja a agua, mas na minha cidade é mt interiorana, no RS, eu nãp moro perto do litoral, e isso pra mim seca a minha alma cada dia um pouco mais.

    Anônimo says:

    Matusalém Ranieri Martins escreveu: Zumbis do Espaço... Nossos sangues se encontram vampira. quero morrer nos seus braços Vampira...

    Anônimo says:

    Alguém escreveu: Também penso em suicídio, vou na Igreja Mundial do Poder de Deus e lá me sinto melhor, o pastor é incrível, talvez ele consiga me manter viva por mais um pouco tempo Não é já que me vou desta vida, mas sinto que mais atrapalho do que ajudo, ta em andamento uma coisa boa que eu to fazendo, mas só eu posso concluir, e ninguém mais. Agora mnh amiga não precisa mais de mim, Graças a Deus se encaminhou com um bom rapaz que vai fazer ela feliz. Quero me unir aos meus amigos que se foram, tantos se foram... Quero ir pro Jardim do Sossego, quero morrer, mas que td mundo que realmente me ama vá ao meu velório e diga assim "Com ela tá bonita, parece que tá só dormindo". Não que eu me ache bonita. eu digo no sentido de não ter aparência de morta, sem ficar desfigurada, quero que minha familha me vele com velas e flores brancas até a tampa do caixao fechar e minha carne descançar ao lado dos meus em paz na minha Campa." Amém.

    Anônimo says:

    Poeta da morte escreveu: "Vou ser coberta por um véu de seda branca e depois que o Caixao fechar a tampa, vou descançar em paz na minha Campa."

    Anônimo says:

    Os racionais em Vida Loka pt 2: Meus guerreiros de fé quero ouvir, quero ouvir, Irmão: programado pra morrer nois é e de no que der, do lado direito do Pai è quente

    Anônimo says:

    Eu escrevi: Prozac, Diazepam e Rivotril talvez ajudem a encarar melhor a vida.

    Anônimo says:

    Maria Fluoxetina escreveu: Acordei super deprimida hoje. Mnh melhor e única amiga com quem eu dividia tudo me abandonou e qdo eu ligo pra ela me trata com desprezo e me xinga, sempre tá braba comigo e o pior que ela tem razão pra estar. Mas isso não vem ao caso agora, eu sempre quis só que ela fosse feliz e namorasse com alguém que realmente amasse ela, tanto que eu falei pra ela não se acabar por causa de home, agora ela diz que vai sumir da minha vida. Eu só to esperando pra sumir da vida de todo mundo tbm, não quero mais, o mundo é um lugar triste, feio e cruel demais pra estar vivendo nele. O Diazepam me consome por dentro, e os remédios não vão resolver meus problemas.

    Anônimo says:

    Futura Suicida escreve: Sou uma suicida convicta, só falta o dia, pq a forma e o lugar eu já tenho. Não aguento mais tudo. A minha vida não tem mais sentido. Sem sangue pq é nojento. Eu amo minha familha mas minha familha geralmente não me entende. Não sabe o que eu sinto, e pra mim morrer é só como dormir profunda e eternamente.

    Anônimo says:

    Sofredora por amor escreve: Amo mt e não sou amada por quem eu quero que pelo menos dirija uma palavra de carinho pra mim.

    Anônimo says:

    Alguém Escreveu: Sou muito emotiva e choro muito, antes, até me cortava, mas ´parei pq fiquei com nojo. Ontem eu fui mt espizinhada pela mnh familha, eu moro com duas pessoas e um rapaz que é meu 2º primo, antes eu não me dava bem com ele pq a mãe e a vó "lambiam" mt ele e me tratavam mau. O Fato é que agora que nós se damos bem eu e ele (tive até um rolo com ele), elas querem de todo jeito afastar ele de mim, com ameaças, chantagens, e outras coisas piores, que vão fazer até ele perder o serviço por mnh causa, inventam coisas que não existem...até a mnh melhor amiga e um carinha que eu tava começando a dar uns 'pega' elas conseguiram afastar de mim com picuinhas, tramoias e ameaças, usam palavras de baixo calão pra se referir as pessoas que eu gosto, eu em casa, só trabalho, faço serviço, assisto a novela e quase nem falo com elas pq elas destorcem o q eu falo pra mim ficar parecendo loka., to na mnh smp, escuto mnhs musicas e vou pra internet me distrair, não saio de noite e nem muito de dia, tem semanas q passo sem sair pra rua pra nada, sopra procurar emprego, só em casa enfim... ontem, eu estava tão inconformada, injuriada, que fiz tudo pra me retirar da vida, escolhi a árvore a corda aprendi fazer o nó da forca, botei o banquinho, tudo....não tinha ninguém por perto, até a carta e a roupa que eu ia botar pra acabar c/ esse martírio eu já tinha deixado escolhida mas na hora que eu amarrei a corda na arvore e botei no pescoço me deu uma coisa, como se não fosse pra mim fazer aquilo, me deu uma angustia eu não consegui. eu fui medrosa e falhei, por algo que a meses eu premeditava fazer, não consegui, talvez pq não fosse a hora, eu pensava em tudo que me disseram de ruim, e isso me alimentava de ódio, mas mesmo assim não deu. Guardei o banco, as roupas a tirei a corda da arvore, e pensei que quem sabe um dia eu poça ser feliz....

    Anônimo says:

    Apaixonada desesperada Escreve: Achei que podia estar gravida seria minha maior alegria. Mas não, o desgraçado ejaculou dentro da camisinha, mas ele não é o cara que eu amo. Eu tentei me matar, me enforcar, até cheguei a ficar pendurada pelo pescoço mas eu me segurei num galho da arvore, idiota, por uns minuto de dor e sofrimento podia ter resolvido tudo.... Pra sempre... Penso em quem ia no meu velório? Já cortei uma veia do pé que quase me matei, mas naquela época (em outubro) eu não podia morrer ainda pq estava em andamento uma boa ação que eu estava reparando. Tudo sempre por causa do mesmo cara, que eu amo, e amo amar ele mas me machuca sua indiferença. Hoje vivo como uma freira em casa, não saio pra quase nada, trabalho faço os serviço de casa, rezo pra Sta. Bárbara que eu sou devota, e vivo, fumo meu "pretinho", tomo uns gole de caña e tomo meus antidepressivos.... Vivo mais de sonhos. Sonho com o dia que ele vai ser meu e vai estar totalmente entregue nos meus braços, transando e nos beijando a noite inteira, sinto o cheiro dele até nos meus pensamentos... Eu amo tanto que parece que as vezes até dói.

    Anônimo says:

    Larita: Piénsalo bien, se morrio és pra siempre, la muerte no tiene más vuelta... Dios és por nossotros...

    Anônimo says:

    Vou tentar com um bujão de gáz. Tem um monte em casa. Vou pegar uma mangueira, cortar a parte de cima duma garrafa de suco ou de refri, acoplar a mangueira no bujão e n parte de cima da garrafa. E daí tomar meu remédio pra dormir e qdo começar dar sono cheirar o gás. Acho q é a melhor morte...

    Anônimo says:

    Já pensei em matar me várias vezes na vida. Houve 2 vezes em que estive quase, mas a verdade é que algo me prende à Terra, uma força muito fraca, inexplicável, mas que está lá. Consigo senti-la. A minha vida não é fácil. Estou passando por fazes complicadas, corto-me, já tive várias chatices com os meus amigos mais próximos por causa disso. Há dias em que viver é um suicídio.
    Eu já perdi praticamente toda a vontade que outrora tive em viver. Mas sei que tenho alguns sonhos, poucos mas importantes, aos quais tenho de investir toda a minha energia e dedicação.
    Não desistam, por favor.
    Toda a gente sofre. São admiráveis as pessoas que conseguem dar a volta.
    Beijos!!

    Anônimo says:

    L.A. disse: Hoje veio um carinha aqui em casa fazer uns serviços gerais, ele é bem bonitinho, tem o geito do outro carinha q eu gosto, só q é comprometido, não poço ter lançe com ele. Me intristeci muito, Eu gostei dele pra karalho, e ele vai trabalhar com nós um bom tempo, poço conversar com ele, mas não ter nada. Minha mãe não quer q eu seja professora, tá mt dificil, penso em fazer algo por min mas tá mt dificil, eu já tentei me matar me degolar com uma corda mas eu não consigo karalhio. Dios Ayudame yo no quiero morrir, pero mi vida es demasiada con problemas, yo soy buena con las personas, pero dyo no tengo amigos nadie me dice o qué hacer...

    Anônimo says:

    Lu: Soy brasileña pero yo escrevo todo en "brasiliano" porque lo que siento, lo que me corrõe, así és más fácil de hablar. Perdoname Dios, yo no quis causar daño a nadie nem a mi miesma, solamente queria poder dicerte que no pretiendo my suicidar me porque yo creo en la fuerça de lo amor sin mirar raças, color e niveis sociales, solamente Dios puede nos cambiar de vida, nadie más puede, sín termonos esperanza q las cosas mellorem, nadie erás cierto. Ayudame Señhor,suplico te e rogote que no me abandones, mi Nuestra Señhora de Fátima me abençoname que yo qiero vivir hacendo lo bien pelas personas. E a ustedes todos q piensam en lo por uno punto final en su vida espiere uno milagro de Dios yo quiero pedirte que no lo façam, la vida és una solamente, creo na fuerça del amor, mismo en días dificiles. Gracias, piensálo bien, no tomes drogas e no se mates, yo misma já lo quis hacir muchas vezes, pero no lo cooncretizo, sabes q tengo algo mui bueno para realizar, nosostros todos temos cosas buenas a q acer.

    Anônimo says:

    Para ser honesta, sim quero mesmo me suicidar. Levo outros comigo? Óptimo, se pudesse levaria mesmo, porque eles merecem, foram eles que me colocaram nesta situação. Tenho uma família de merda, de merda mesmo e espero ser uma grande nuvem negra sobre eles durante a merda do resto da vida deles depois de me suicidar. Não acredito em Deus como a humanidade o vê, porque é muito redutora. Sei que existe alma. Provavelmente voltarei? Talvez. Pagarei por me ter suicidado, não sabemos. Mas não tem problema se eu pagar. Porque quem me destruiu a vida garanto, hei-de perseguir por muitas encarnações e milénios até pagarem o que me devem. Centil por centil. E espero de coração que tenham vidas miseráveis.

    Anônimo says:

    L escreve: penso em me matar qse todo dia. Qdo eu tava no hospitau uma infermera mi inçinou como cortar as arterias dos braços. Eu já pensei em comer sememtes de Mamonas pq são msm assaçinas (não em relação a Banda Mamonas Assaçinas porque sou fãn dels), até mhn vó tirou sarro de min hj por iço. Já pensei em usar gás, cortar os pulço, tentei ficar na linha do trem enquanto ele paçava... mas nada, minha vida é uma merda e eu tenho tempo e todos os métodos q eu falei são poçiveu deu faser, mais chega na hora eu desisto. Será q Deus tem na vida alguma coisa boa ainda pra min? bom se eu morre nunca vo saber...

    Anônimo says:

    C eu morre vai nacer um igual, ou um piior ou um melhor ki eu, ci eu morre eu vou descançar...

    Anônimo says:

    ci eu morre vou dar o gostinho da vitoria pra ken ké me vê pls costa.

    Anônimo says:

    L: Acredito q todo o suicidio bem sucedido faz parte tmb do plano que Deus tem pra nós. Eu já tentei me matar mts veses, ñ tinha ninguém pra me socorrer, agora eu penso q poderia ter feito, pq ñ fiz? Pq ñ era a mnh hora, pq se não eu teria o fato consumado. Ñ havia nmg pra me empedir, msm açim eu desisti. Só pode q Deus tem alguma coisa guardada pra mim mais pra frente e q eu só poço receber essa coisa se viver.
    P,s: Kem quer mesmo se matar não fala, apenas se mata, queto um dia qdo ñ tem ninguém vendo. Kem fala não fas.

    Anônimo says:

    Luisa: Eu dezenho.... E desenho mt bem por sinal... eu amo tudo que faço, só que as peçoas que podiam me ajudar não querem o pessoal das graficas é sem noção...O meu sonho é estampar meus desenhos em camisetas. As vezes isso me dá uma sensação tão ruim q eu tenho vontade de me matar. Eu penso que quem sabe eu me matando os meus desenhos vam ser publicados nas camisetas, como uma homenagem. Sei lÁ a memte so ser humano é tão cheia de besteiras.

    Anônimo says:

    Eu tbm tnh uma familhia de merda, mnh mãe é uma vadia que anda com o próprio primo dentro do quarto, o dia q ele não vem do quartel, ela fica reinando, quando ele tá de serviço, ela que me interna no hospicio pq daí eu saio do caminho deles, e não vejo as pokas vergonha deles dentro de casa, sei q ela dá pra ele, eu já dei mas me arrepéndi, se eu podece voltar neste maldito dia, nunka teria feito o q fiz. Hj tentei arrumar uma tomada q tava estragada, só q o bagulho espludiu, e elas vieram pra cima de min, me avacalhar como smp daí eu despejei todo o ódio q eu tenho delas. mais é da mãe, que se fais q tá desmaiando na rua e sai fala mau de min pros otros na rua. Mnh familhia é uma merda, ainda ben q cada veis mais eu descubro um jeito de se matar diferente. Hj eu descubri q se encostar no contato da tomada com algo de metal pode sim morrer. Issso é bom, eu kero morrer e voltar como ômi e ser assim tipo o Eminem, vingador e atrapalhar a vida de todas as pessoas assim como estrovam a minha. Luisa

    Anônimo says:

    Não é fácil viver. tenho muitas mágoas, mas no momento a que mais me atormenta é que eu tenho um ermãozinho, nacido na mesma data e tem a mesma idade do gurizinho
    Bernardo Boldrini, e meu ermão, o pai não deixou eu conhecer, ele tinha um probleminha de coração, eu queria muito ver se ele tá sendo bem tratado, pq meu pai se separo da muler dele e a muler era uma bisca baita duma guenga. Sei que cepá nunca vo poder chegar perto dele só na escola msm, eu poço ir ver ele, queria amparar ele, tenho sonhos ruins, em que uma criança um guri se atraca, me abraça e chora todo tempo, outra noite sonhei que o guri veio com sangue saindo do nariz e marca de sinto nas costa, não sei se é por intermédio do sonho meu ermãozinho que tá me pedindo ajuda. Ele não me conhece, mas eu smp quis conhecer ele, eu sou filha bastarda e meu pai é um falso mintiroso, que me fes como quem faz xixi dentro da privada e nunca mais quis saber de mim, esses dias ele falo com a mãe no telefone e eu descobri que eu tenho muita coisa em comum com ele. pena q ele não sabe diço, se não ele ia gostar demim. Eu fui assumida a muito custo com 6 anos, e ele dice pra minha mãe que apartir do momento que ele me assumiu, tudo o q paço fico pra trais, só se for pra ele, pq pra mim não. Qdo eu era criança, eu dezenhava ele até com cuia de mate na mão, ele era militar do 17º Batalhão de Infantaria aqui de Cruz Alta- RS, ele não queria saber de min. Eu um dia por telefone disse que amava ele, ele dice qi o amor se ganha com a convivência. Então deu pra entender que ele não me ama. Se eu ver ele na rua eu não consigo reconhecer quem ele é, agora ele é arquiteto, a imagem dele se apagou da minha mente por completo. Borrou o paçado. Depois acontecem coisas como desse gurizinho Bernardo Boldrini, Isabella Nardoni e tantos outros, falta de amor dos pais com os filhos. Eu sou só um aborto que naceu. Tem coisas que acontecem que mexem com o emocional da gente lá no fundo... Não é bem o comentario pra esse blogg, mas foi um desabafo. L.A

    Anônimo says:

    Como dói viver. Viver senmpre sendo maltratado, eu devia tar enrolando uma corda no meu pesçoço agora, mas não tenho coragem. L.

    Anônimo says:

    eu sei ta sendo dificil pra todo mundo mas apenas queria dizer que DEUS vos ama , eu posso nao vos conhecer mas eu VOS amo , tb me cortei , me tentei suicidar com comprimidos mas sem susseso , mas gente ha um deus la em sima que vos ama
    parese que n vai passar essa dor eu sei mas.... sei la ainda tenho uma pequena esperansa de que um dia eu serei FELIZ e que irei GOSTAR DE MIM do geitinho que eu sou
    e quero que vcs tenho esperansasa n liguem pra que os outros dizem safoda os outros sejam senpre vcs mesmo e n liguem para as criticas ou julgamentos pk nimguem alem de vcs sabe os vossos traumas e nimguem tem o direito de te julgar ....
    ASS: BLACK ANGEL <3

    Anônimo says:

    Eu sou cutter (me corto). Só iço me alivia, quase sempre tiro sangue das veias e fico vendo o sangue escorrer. procurei vários venenos que eu poço injetar na veia, mas não comprei ainda. Estou vivendo como uma porcaria que não presta pra nada só pra fumar e se cortar. I'ts my life, fuck you.

    Anônimo says:

    L. disse: I'm fine. Não dá mais pra mim, tnh problemas com mnh vó, meu pai e tdos da mnh casa. Não dá mais. Já comprei ICON e uma seringa de 20ml, vou me maatar , ñ já = não sirvo mais pra nada. + ainda tnh umas coisa pra fazer. Se eu morrer eu consigo incomodar maiis a tds q querem meu mau.

    Anônimo says:

    Estou completamente cansada, persigo o mesmo amor desde á 9 anos atras e acaba sempre da mesma forma... Ele magoa-me muito mas sempre acabo rendida a ele e sempre ele acabava por me abandonar... Eu não estou a conseguir superar isto novamente, sinto que nunca me hei de ver livre desta "doença" sim pois isto ja nao se pode chamar de amor, sinto que só a morte me vai parar. Dói demais, é um sufoco sem fim. Não aguento mesmo! Ja tentei uma vez com 60 e tal comprimidos mas ficou pela tentativa, infelizmente! Pois agora o meu medo é voltar e sem sucesso, pois não quero mesmo preocupar mais ninguem, quero simplesmente ir em paz! Sinto me destruida!

Postar um comentário

Powered by Blogger