Gostou?

Share |

Só mais uma sobre amizade


Eu sei que não sou linda, magra e rica. Acredite: passei os anos da adolescência ouvindo isso pelo menos umas duas vezes por semana.

E isso, como certa vez me disseram, me tornou uma pessoa amargurada.
Mas, a gente segue a vida em frente e consegue perceber que há relações que não dependem da estética ou do status.

Aprendi que dá para se divertir mesmo não sendo pop. E que até dá para fazer umas merdas de vez em quando. Só para temperar a vida, sabe?

Mas a melhor parte da vida que eu experimentei até agora foram o amigos que coletei no caminho. Amigos de verdade.
Mesmo sendo feia, gorda e pobre... posso fechar meus olhos e pensar: “se eu tiver um corpo para me livrar dentro do porta mala, para quem pediria ajuda?” É bom guardar na mente e no coração a lembrança desses rostos tão importantes.

Certamente eles me ajudariam a livrar do corpo, mas mesmo que eu quisesse fugir dessa lembrança (por medo do julgamento ou da vergonha), eles não deixariam.
Eles falariam na minha cara a merda que eu fiz... eu querendo ouvir ou não. Me dariam sermão, me dariam de dedo, me bateriam na cara, cuspiriam se fosse necessário. Mas, me fariam enxergar a realidade.

Amigo não é só para mimar não, e nem sempre pode estar ao nosso lado quando precisamos. Mas quando está... está, a gente querendo ou não.

Já fiz merda na vida e já tive que escutar sermão dos meus amigos quando o que eu mais queria era me enfiar num buraco e sumir.

Mas eles me arrancaram do buraco à força e me fizeram enfrentar vida de cabeça erguida.

Amigos são, realmente, a família que a gente escolhe.

Como eu já disse, já fiz merda e já virei assunto da cidade. Sabe como é né? Solteira, bebida demais e juízo de menos... receita perfeita da uma bela e engraçada confusão. Meus amigos sentiram a tão famosa vergonha alheia (são amigos mas são humanos), até eu fiquei com vergonha alheia de mim mesma.

Meus amigos nunca me deram presentinhos. Nunca ficaram mandando sms dizendo o quanto gostavam de mim. Nunca me mimaram ou me deram conselhos muito construtivos.
Mas, mesmo eu não querendo, sempre que necessário eles viraram pra mim e gritaram: “Porra, Priscila, Porra!”

6 Response to "Só mais uma sobre amizade"

  1. Renata says:

    E de que adiantaria ser linda, magra, rica e pop e não ter amigos de verdade?
    Beleza? um dia ela acaba... Dinheiro? não compra amigos...
    Se fez merda? assuma, nada mais digno (quem nunca fez?)
    Se aproximar das pessoas por interesse? Nada mais nojento argh
    Enfim, eu te ajudo a esconder o corpo, mas tu vai escutar que errou pra poder aprender com teu "erro"


    Amooo

    Eu além de não te ajudar a esconder o corpo ainda te chantagearia para o resto da vida.Mas podemos negociar.

    Bibi. says:

    Você falou(escreveu) por várias pessoas(sabes bem quem)...Tudo sem firulas e pieguices, objetiva e rasteira, como sempre. Falou um pouco por nós. Te considero pra caramba!

    Filipe says:

    Esconder corpo? Vou te denunciar pra polícia ahauhau

    E concordo o q diz estas linhas sobre amizade =*

    Nanda says:

    Muito engraçado e ao mesmo tempo real.
    Eu acho que na vida o que conta mesmo, sempre, são os amigos, até mais do que amores...
    Sorte que vc os tem!
    As outras coisas se vive muito bem sem [magreza, riqueza]

    Beijos

    Anônimo says:

    Eu nem vou me pronunciar porque descobri que amigas próximas me chamam de coitadinha, então já viu; né?

    Mas confie nos teus e seja feliz.

    Saudade, apareça...

    Mi.

Postar um comentário

Powered by Blogger