Gostou?

Share |

Minha impressão dos paulistanos


Atendendo a TOOODAS as pessoas que me pediram, falarei sobre São Paulo.


O que mais eu tenho gostado dessa cidade? O povo!


Quando decidi vir morar em Sampa, todas as pessoas me alertavam sobre como os paulistanos são mal educados.


Para minha doce surpresa, não foi isso que eu vi.


Por mais que o paulistano esteja numa corrida contra o tempo, ele sempre tirará 20 segundos do seu tempo para respirar e te dar a informação desejada.


Os homens são muito mais educados que as mulheres. Essa coisa de homem tratar uma mulher bem me soou bem estranho no início.


Em Criciúma, se um cara te trata bem, podes ter certeza que ele quer te comer. É batata! Até onde percebi, o homem paulistano trata a mulher bem naturalmente. Vai entender né?


O paulistano recebe muito bem os catarinenses. Na verdade, os gaúchos, porque, para o paulistano, do Paraná para baixo é tudo gaúcho! Não sei se catarinense é gente boa, ou, se nos tratam bem só pelo fato de não sermos nordestinos.


Aliás, ser chamado de nordestino aqui em São Paulo é um baita insulto. Porcausa daquela coisa que a gente estudou lá na aula de geografia: o êxodo rural.


O fato é que boa parte dos subempregos são ocupados por eles. O nordestino tem uma educação própria, que para mim e, pelo jeito, para os paulistanos também, aparenta uma falta de educação. Eles falam alto, gesticulam muito. São diferente mesmo.


Cada cultura é cada cultura, e, apesar desse jeito diferente do nosso, não vejo o porquê discriminá-los. Mas que o preconceito existe, existe.


Quem me conhece sabe que sou alta. Mas, se em SC eu era alta... em SP eu sou gigante! Esse é um povo de pigmeus. Até hoje, dentre milhares, não encontrei uma paulistana que seja maior que eu. Os homens? Até tem uns altos, mas a grande maioria são baixinhos.


Falando especificamente dos homens, a maioria é feio. Mas quando eles tiram para ser bonitos... eles são perfeitos!!! Se forem nas áreas nobres então... tem cada um que tira o fôlego. Mas, assim, só serve para olhar mesmo porque eles sabem que são lindos e não dão bola pra ti.


Outro detalhe é o amor que o paulistano tem pelo palavrão. Caralho, porra e fudeu faz do cotidiano tranquilamente.


No começo, eu ficava ofendida achando que eles estavam me xingando. Mas não, eles falam assim mesmo. Ao invés de falarem: “Priscila, me traga tal coisa urgente”, ele dizem: “Caralho Priscila, me traz a porra da coisa. Cê tá querendo me fudê, meu?”


Ah, já ia me esquecer! Aqui é super normal o fenômeno @RChicuta: aquele cara todo pequenino que, quando abre a boca, sai aquele vozeirão de homem macho pra caralho! Eu ainda me supreendo com isso!


O paulistano tem uma voz grave, o que é bom para os homens porque os deixam másculos, e, ruim para as mulheres porque as deixam com voz de machorra.


Como o sotaque do sul é um tom, digamos, mais feminino, é normal os homens paulistanos terem um fetiche com o nosso sotaque e, claro, zoarem com a sexualidade dos homens gaúchos (catarinenses ou não).

10 Response to "Minha impressão dos paulistanos"

  1. Porra Priscila,eu já falei que pequenino é o caralho...Opa...não,não,eu não queria dizer isso...

    Filipe says:

    Chicuta se entregando ahauhau.

    Quanto a cidade de SP, estive por uma semana ai em 2008 e foram os melhores dias da minha vida. É um outro mundo, que espero conhecer por mais tempo num futuro breve

    Nanda says:

    É concordo com vc...
    Sobre os palavrões, sobre os homens...
    Mas ainda prefiro meu interior do que a capital...

    beijos Pri!

    Anônimo says:

    Sou pernambucana e quem fala alto e esquisito aqui são os paulistas e sulistas que invadiram nossa cidade em busca de oportunidades. São os novos retirantes. Falam errado, não sabem conjugar o português. Teriam preconceito contra nordestino porquê? Por que temos dias ensolarados e lá só tem frio, chuva e ruas alagadas? Nosso Pib é o maior do Brasil e o NE cresceu mais que o Brasil nos últimos anos.

    Mandy says:

    Rindo pra caralho com o comentário acima ahahah o bip de vocês é o maior do Brasil onde? Preconceito por causa do calor infernal daí? Olha eu acho o Pernambuco lindo mas não troco São Paulo por nenhuma outra cidade do Brasil!!!

    Anônimo says:

    Para o comentário acima da ignorante.Se São Paulo fosse tão bom, vocês não migrariam para o nordeste e o Rio de Janeiro atrás de praias e clima ensolarado.Veja a matéria recente sobre paulistas.O maior número de pessoas com problemas de depressão e mental é em São Paulo, por que será? cidade cinza, selva de pedra, povo grosso e metido e sem identidade !

    Anônimo says:

    Não temos identidade aqui em SP porque existem mais estrangeiros aqui do que paulistas/paulistanos e Há muitas praias bonitas aqui em SP, mas elas são de dificil acesso.

    esse povo não está acostumado com cidade grande, desenvolvida a mais rica da América Latina... e ai fica querendo detonar a cidade.. hellooo

    Coleguinhas, calma! Não briguem ou vou separar @s dois ou duas...

    Preconceito existe em qualquer lugar, sobre qualquer assunto. Cada região tem suas particularidades... De fato, o Sudeste é outro mundo! Não tem como negar que tudo o que acontece no Brasil, primeiro acontece no Sul! Infelizmente existem várias questões pra isso, mas enfim... Discordo da Priscila em dizer que todos os nordestinos falam alto, cada pessoa tem o seu nível de voz padrão! Uns falam mais baixos e outros mais baixos. Agora na gesticulação, aí eu tenho que concordar que a grande maioria gosta de dar uma gesticulada pra enfatizar a história.

    Pessoas, sem TRETAS! SEJAM DE BOAS :*

    Bjs de Luzes

    Unknown says:

    vem pra Goiânia que ai você descobre o que é homem feio SP é o céu! tchau brigaduuuu

Postar um comentário

Powered by Blogger