Gostou?

Share |

Da série: Ainda rio disso

É. Eu tenho um gosto bizarro.
Mas têm coisas bizarras que, mesmo com o passar do tempo, continuam engraçadas.

Como quero guardá-los em algum lugar, sobrou para o blog mesmo. Afinal, ele é meu e eu faço o que eu quiser com ele.

O primeiro da série é o Ken Bengaludo. É antigo, mas é um dos vídeos mais bem feitos que já vi usando bonecos do Ken e da Barbie.

Fazer brincadeirinhas eróticas com a Barbie não é nenhuma originalidade. Tu, mulher, que brincou com a Barbie na pré-adolescência, sabes muito bem do que estou falando.

Quem aqui nunca fez suruba lésbica com suas Barbies? RIARIARIARIARIARIA

Calma meninos, era uma forma saudável de lidar com a sexualidade. E a suruba era lésbica porque Ken era artigo de luxo, difícil de se ter na época.

Lembro-me quando ganhei meu Ken e olha, eu já devia ter uns treze anos. A primeira coisa que fiz foi tirar a roupa dele para vê-lo pelado. É meus caros, na época não havia internet. Filme pornô? Só na locadora. Revista? Impossível de uma menina de treze anos conseguir comprar. Cine privê na Band? Só mostrava a mulher pelada, mas o homem que era bom... nadinha.

O jeito era apelar para o ken mesmo.

O vídeo está aí... Have fun! ;)

4 Response to "Da série: Ainda rio disso"

  1. rsrsrs
    Assim vc vai traumatizar os meninos. Já vi mais de um post por aí de gente surpresa com as brincadeiras que a gente fazia com as Barbies. :p
    Mas e o Bob? Não era o Bob... nunca lembro isso entre o Bob e o Ken.

    Prissy, o Bob era o namoradinho do Ken! RIARIARIARIARIARIARIA
    Mas, se fosse hoje, eu não ia querer o Ken. Ia preferir o Max Steel q é bem mais másculo e macho! Rá!

    TC says:

    Onde esse mundo vai parar oh God ahhahaahhaha

    Na revista Casseta popular de uns 20 anos atrás tinha umas montagens da Barbie.Tinha a Barbie na suruba a Barbie muito louca,que já vinha com espelho e talco,coisa fina.

Postar um comentário

Powered by Blogger